SANTOS JAZZ FESTIVAL

4ª EDIÇÃO - 2015

João Donato é a locomotiva à frente de um trem de ritmos e misturas, programados para a quarta edição do Santos Jazz Festival.

O músico traz para Santos os acordes que dedilhou como um aviso para chegada da bossa nova, e também os principais registros de uma carreira de muito sucesso dentro e fora do Brasil. Donato aproximou a ginga do brasileiro da exuberância caribenha, temperou com traços do melhor jazz e assim desbravou uma trilha própria dentro da música. Por essa vereda já desfilou com nomes de peso, como Chet Backer, Herbie Mann, Chico Buarque, Cazuza e até marcou presença no recém lançado disco da santista Tulipa Ruiz.

A parceria com novos talentos não é a única a confirmar que a modernidade de João Donato nunca sai de moda. Do alto dos seus 80 anos, o acreano João Donato já é atração garantida no line up do Rock in Rio 2015. O pianista que encantou gerações abre a festança musical em show no Teatro Coliseu no dia 18 de junho. 
E é só o começo. Já no dia seguinte, o Festival ataca de Raul de Souza, outra fera que levou o talento brasileiro pelo mundo, com o toque inconfundível do trombone. Tem ainda Rosa Passos, a trupe do Jazz na Kombi, Reginaldo 16 Toneladas, e, claro, muita gente batuta entre os santistas de nascimento e religião, como Deborah Tarquínio, que preparou um tributo à Billie Holiday, o sacolejante DJ Caiaffo e José Simonian, que se juntou a Antonio Eduardo no CD "Amor Antigo", uma justa homenagem a outro santista de muita verve: o maestro Gilberto Mendes. 
Firme em seu propósito de levar boa música a todos os cantos da cidade, o Santos Jazz 2015 inova mais uma vez e invade o quintal e as sacadas da Casa da Frontaria Azulejada para uma tarde inteira dedicada à boa música, e ainda coloca o charme vintage do Bazar Cafofo para divertir os convidados. Um mix de produtos cheios de estilo, comidinhas e arte vão brindar os visitantes com uma festa de cores e delírios, enquanto a música rola solta. 
Celebrando uma grande ciranda musical, os acordes do 4º Santos Jazz vão ecoar também na Zona Noroeste, na Concha Acústica e até no Terminal de Ônibus do Valongo, provando que a música é um território sem fronteiras e toda forma de improvisação sempre vale a pena.

cartaz santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015