SANTOS JAZZ FESTIVAL

4ª EDIÇÃO - 2015

João Donato é a locomotiva à frente de um trem de ritmos e misturas, programados para a quarta edição do Santos Jazz Festival.

O músico traz para Santos os acordes que dedilhou como um aviso para chegada da bossa nova, e também os principais registros de uma carreira de muito sucesso dentro e fora do Brasil. Donato aproximou a ginga do brasileiro da exuberância caribenha, temperou com traços do melhor jazz e assim desbravou uma trilha própria dentro da música. Por essa vereda já desfilou com nomes de peso, como Chet Backer, Herbie Mann, Chico Buarque, Cazuza e até marcou presença no recém lançado disco da santista Tulipa Ruiz.

A parceria com novos talentos não é a única a confirmar que a modernidade de João Donato nunca sai de moda. Do alto dos seus 80 anos, o acreano João Donato já é atração garantida no line up do Rock in Rio 2015. O pianista que encantou gerações abre a festança musical em show no Teatro Coliseu no dia 18 de junho. 
E é só o começo. Já no dia seguinte, o Festival ataca de Raul de Souza, outra fera que levou o talento brasileiro pelo mundo, com o toque inconfundível do trombone. Tem ainda Rosa Passos, a trupe do Jazz na Kombi, Reginaldo 16 Toneladas, e, claro, muita gente batuta entre os santistas de nascimento e religião, como Deborah Tarquínio, que preparou um tributo à Billie Holiday, o sacolejante DJ Caiaffo e José Simonian, que se juntou a Antonio Eduardo no CD "Amor Antigo", uma justa homenagem a outro santista de muita verve: o maestro Gilberto Mendes. 
Firme em seu propósito de levar boa música a todos os cantos da cidade, o Santos Jazz 2015 inova mais uma vez e invade o quintal e as sacadas da Casa da Frontaria Azulejada para uma tarde inteira dedicada à boa música, e ainda coloca o charme vintage do Bazar Cafofo para divertir os convidados. Um mix de produtos cheios de estilo, comidinhas e arte vão brindar os visitantes com uma festa de cores e delírios, enquanto a música rola solta. 
Celebrando uma grande ciranda musical, os acordes do 4º Santos Jazz vão ecoar também na Zona Noroeste, na Concha Acústica e até no Terminal de Ônibus do Valongo, provando que a música é um território sem fronteiras e toda forma de improvisação sempre vale a pena.

cartaz santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015
santos jazz 2015